Endodontia

Home / Endodontia

Endodontia

A endodontia é o ramo da medicina dentária que trata das patologias da polpa dentária. Sempre que um dente dói ou tem uma cárie extensa é aconselhável realizar um tratamento endodôntico(desvitalização).

Marcar Consulta

É um tratamento especializado em que é removido o conteúdo do canais radiculares, seja a polpa dentária(pulpectomia). É realizado, em seguida, o preenchimento dos canais radiculares com um material de obturação para obter o selamento dos mesmos.

O objectivo do tratamento endodôntico é portanto, além da supressão da dor, evitar a extracção do dente.

Nem sempre. Se a cárie não atingir a polpa dentária e se o dente estiver apenas sensível às diferenças de temperatura pode ser tratado sem tratamento endodôntico.

Tudo depende do grau de infecção e da possibilidade de reconstrução do dente.

A ausência de dor de um dente tratado com endodontia depende da capacidade de limpeza dos canais radiculares mas nem todos os canais são iguais. Pode ainda haver um granuloma (infeção crónica) que pode levar à necessidade de um re-tratamento.

A infecção pode espalhar-se, afetar outros tecidos, o dente pode ficar de tal forma fragilizado que torna-se necessário extraí-lo.

Nessa situação o dente está necrosado, e como tal os canais permanecem contaminados. É na mesma necessário desvitalizar o dente para desinfetá-lo.

 

Demora muito tempo a realizar um tratamento endodôntico porque trata-se de um tratamento de precisão. A pesquisa dos canais radiculares, a sua instrumentação, desinfecção e obturação são baseados em técnicas muito precisas e realizadas por sessões: tem que ser tudo realizado ao milímetro, só assim é que há sucesso no tratamento endodôntico.