Odontopediatria

Home / Odontopediatria

Odontopediatria

A Odontopediatria é a especialidade da Medicina Dentária exclusivamente dedicada à manutenção da saúde oral de crianças, adolescentes e pacientes com necessidades especiais.

Desde a erupção do primeiro dente de leite deve ser dada a máxima atenção à evolução quer normal quer patológica da dentição das crianças, não só para estabelecer corretas funções fonéticas mas também funções mastigatórias, e sobretudo, para diagnosticar e prevenir precocemente potenciais problemas, garantindo uma dentição definitiva saudável.

No âmbito da odontopediatria realizam-se exames radiológicos, tratamentos dentários conservadores como restaurações, pulpotomia, pulpectomias (desvitalizações), tratamentos cirúrgicos, destartarizações (limpezas) e tratamentos preventivos como aplicações tópicas de flúor e aplicações de selantes de fissuras(para prevenir a formação de cáries).

Marcar Consulta

Já durante a gestação deve ser dada à grávida toda a informação acerca dos cuidados futuros com a dentição da criança. Depois do nascimento, quando erupciona o primeiro dente de leite (aproximadamente aos 6 meses de idade) deve haver uma consulta de observação, e a partir daí acompanha-se a saúde oral da criança.

Claro que sim, desde que seja com escovas e dentífricos adequados à idade.

Claro que sim. Se não for tratada, a cárie evolui podendo culminar para uma infeção. Numa consulta de odontopediatria, mesmo em idades precoces deve – se fazer uma abordagem adequada havendo a cooperação da criança e pais. Tratar se for necessário.

Como tratamentos, pode fazer-se restaurações, pulpotomias e pulpectomias. Se for necessário extrair um dente, há que ter em conta a erupção do dente definitivo correspondente e se necessário colocar um mantenedor de espaço.

Há que consultar o médico dentista com regularidade. Aos 6 anos de idade nascem os primeiros dentes definitivos atrás de todos os dentes de leite, frequentemente sem os pais se aperceberem. Aos 7 anos de idade os dentes de leite começam a ser substituídos pelos dentes definitivos correspondentes. Toda esta fase de desenvolvimento da criança deve ser acompanhada nas consultas, e se necessário tratar as cáries que surjam em ambas as dentições ou até extrair dentes de leite que dificultem a erupção dos dentes definitivos.

Para além das consultas de rotina, odontopediatra ensina a criança e os pais como escovar os dentes corretamente.

Como tratamentos preventivos é possível fazer destartarizações (limpezas) e aplicações tópicas de flúor tal como nos adultos.

Um tratamento preventivo muito importante especialmente direcionado para as crianças é a aplicação de selantes de fissuras, que consiste na colocação de um material protector que nos sulcos naturais que os dentes têm. Este tratamento indolor é rápido e evita a acumulação de placa bacteriana nesses sulcos ajudando a prevenir a cárie mas não substitui a escovagem dentária.